[FP] Wrath

Ir em baixo

[FP] Wrath         Empty [FP] Wrath

Mensagem por Wrath em Sab Jun 02, 2012 4:38 pm

Nome – Ana Almeida
Idade – 18 anos
Outras personagens - Virgem Escrivã, Vishous Bloodletter, Wrath, Rehvenge, Blaylock, Marissa, Mary, Nalla, Jasper Throen e Anne Kincaid

Sobre o personagem
Nome completo: Wrath
Idade (aparente e verdadeira): 347 anos reais ; 34 anos aparentes
Grupo: Glymera [x]
Espécie: Aristrocata [ ] ; Princeps [ ] ; Rei [x] ; Rainha [ ] ; Príncipe [ ] ; Princesa [ ]
Cannon: Sim [x] ; Não [ ]
Nacionalidade: Antigo Pais
Aparência e características físicas: Alto, magro, esbelto. Cabelo comprido pela altura dos ombros. Anda sempre de óculos escuros.
Personalidade: É conhecido por ser uma pessoa fria e calculista. É perfeccionista em tudo o que faz. Tem bastante dificuldade em confiar em alguém; para além daqueles que o rodeiam no dia a dia, são poucas as pessoas que tem em consideração, e está-se pouco lixando para a opinião que as pessoas têm dele. É propício a confusões; não por gostar de estar metido nelas, mas sim por ter um feitio um bocado explosivo e ser teimoso. Não tem medo de se magoar nem tão pouco das consequências dos seus atos. Apesar de tudo, não é uma má pessoa, apenas age como age devido a más experiências passadas que acabaram por o transformar na pessoa que é hoje e ele tem orgulho nisso.
Gostos: A sua shellan. Musica clássica e grandes clássicos, chuva, pessoas persistentes. Passar tempo com os seus irmãos.
Ódios: Sociedade Lessening, calor, o verão e a primavera, o dia, o silencio, datas festivas e comemorativas, festarolas em que só acabam em bebedeiras, falta de personalidade, crenças parvas, superstições, fraqueza, estupidez mesmo estúpida, piadas secas, pessoas chatas que não digam coisa com coisa, superficialidade nessas mesmas pessoas, discutir com os mais próximos, que digam que esta errado e que lho mostrem.
Linhagem: Filho de Wrath.
História do personagem:
Wrath nasceu no século XVII de um casal de pais carinhosos. O seu pai era a cabeça de sua raça e um líder respeitado. A sua mãe era uma mulher amável, compassiva. O nascimento de Wrath se celebrou em todo seu mundo posto que os vampiros raramente concebem e muitos dos seus meninos nascem mortos. A raça sentiu alívio ao saber com segurança que as suas tradições sobreviveriam depois da morte de seu pai e entrelaçaram as suas esperanças e os seus sonhos em um futuro com o Wrath como chefe.
Mas em pequeno Wrath era doentio e de adolescente era fraco e ossudo, e surgiu a preocupação de que pudesse não chegar a sobreviver até a metade da sua segunda década onde finalmente a transição fortaleceria seu corpo. Os eus olhos eram um particular motivo de preocupação posto que a sua vista era escassa inclusive antes de amadurecer. Os seus pais e os seus criados velavam por ele constantemente e cresceu acreditando que o mundo era um lugar seguro e ordenado, apesar dos seus problemas de saúde.
Na noite da matança, ninguém estava preparado para o ataque. Os vampiros tinham coexistido com os humanos com poucos problemas até o final da Idade Média na Europa. Com a sociedade humana fragmentada e em guerra, e as comunicações limitadas pela geografia e as barreiras linguísticas, os vampiros puderam passar desapercebidos com êxito. Esta era tranquila trocou com as transformações religiosas e intelectuais do século XVII na cultura humana. Naquele tempo, estabeleceu-se uma sociedade secreta para acabar com os vampiros.
Os pais do Wrath foram torturados e assassinados diante dele. Ele sobreviveu só porque o seu pai o colocou à força em um esconderijo e o encerrou dentro, pouco antes de que entrassem os assaltantes. Wrath observou a matança aterrorizado, e no dia seguinte quando foi liberado pelos serventes, enterrou os seus pais segundo os costumes e jurou vingança. Foi um compromisso patético. Com o seu corpo subdesenvolvido sabia que não era um guerreiro. Durante o período de luto, enquanto seu povo ia para lhe homenagear como o último membro supervivente de uma linhagem pura e o novo chefe de sua raça, ele desprezava a si mesmo e a sua debilidade cada vez mais.
Wrath partiu sozinho e viajou pela Europa durante três anos, tratando de encontrar mais informação sobre os homens que tinham matado a sua família. Não tinha dinheiro, já que tinha deixado atrás todos seus bens materiais, e devido ao seu lastimoso corpo, não tinha forma de ganhar a vida. Os humanos o atacaram, golpearam, assaltaram, ameaçaram, e o deixaram semi-morto um bom número de vezes. De algum modo se arrumou mendigando, comendo desperdícios e fétidas carniças de animais até que finalmente encontrou trabalho como servente.
Quando teve lugar a sua transição o apanhou desprevenido, porque os seus pais o tinham protegido e não lhe haviam dito o que esperar. Depois de beber de uma fêmea vampiro que se materializou frente a ele, cresceu quinze centímetros, seus músculos se desenvolveram com força, e finalmente teve a força física necessária para levar a cabo sua vingança.
Wrath passa os seguintes quatrocentos anos caçando membros da sociedade e sendo caçado por eles. Despreza aos humanos por sua crueldade para com ele antes de sua transformação e pelo fato de que sua raça tenha formado à sociedade de caçadores de vampiros. Vive a vida de um guerreiro, com poucas posses exceto as suas armas e nenhum vinculo salvo seu grupo de irmãos.
Marissa, a vampira fêmea que foi a noite da sua mudança, foi escolhida por seus pais para ser sua companheira, mas ele não tem amor em seu interior para lhe dar. Não a vê nunca a menos que um deles deva alimentar-se e ele sabe que sua relação a está matando lentamente. Pediu-lhe que encontre a outro mas ela se nega e sua lealdade lhe faz sentir incômodo porque sabe que não a merece.
Seu grupo de irmãos são outros seis vampiros que conheceu através dos séculos. A maior parte do tempo lutam sozinhos, mas compartilham informações e quando o precisam coordena estratégias. Ele é consciente de que os outros o vêm como seu líder por sua linhagem e sua força como guerreiro mas essa é uma posição e uma consideração que não deseja. Prefere o aguilhão do ódio a qualquer calidez e não se vê como um herói por defender a sua raça mas sim como alguém que se limita a marcar o compasso até que a morte acabe com o seu sofrimento.
Já na irmandade com os seus irmãos, Wrath é surpreendido quando Darius lhe pede que ele cuide e proteja Beth, a sua filha que está prestes a iniciar a sua transição. Indignado, após a morte de Darius, Wrath procura Beth, sentindo-se atraído por ela após a segunda noite que a viu. Quando esta estava pronta para a transição ele levou-a para a irmandade, tomando conta dela e protegendo-a.
Atualmente, Elizabeth é shellan de Wrath e ambos estão emparelhados.
Wrath
Wrath
Rei
Rei

Mensagens : 21

Ficha do personagem
Status: Herllan de Beth
Status (Committed to...): Beth ♥

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

[FP] Wrath         Empty Re: [FP] Wrath

Mensagem por Omega em Sab Jun 02, 2012 8:56 pm

APROVADO

_________________
[FP] Wrath         Tumblr_lfxmvjnQ2h1qarw3ro1_500

Roupa:
[FP] Wrath         Tumblr_m3fcy9YDmm1qzbe1ko1_500


Roupa Interior:
[FP] Wrath         Rob-Wilson-for-Mens-Underwear-Store-April-2012-01-400x800
Omega
Omega
Omega
Omega

Mensagens : 209

Ver perfil do usuário http://midnightkilling.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Voltar ao Topo


 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum